XClose

Why we post

Home
Menu

As mídias sociais têm criado novos espaços para grupos entre o público e o privado.

Antes das mídias sociais, a maior parte da comunicação era ou privada e de um-para-um (por exemplo, cartas ou telefone), ou transmissões públicas (por exemplo, rádio, TV, jornais). Em contraste, as mídias sociais são principalmente devotadas a grupos e nos permitem dimensionar tamanhos diferentes de públicos e graus de privacidade.

10-discovery
Chile

Neste filme podemos ver como o Instagram se tornou um site chave de solidariedade comunitária depois de um terremoto; se tornou um local em que as pessoas tentaram transmitir suas experiências com o desastre e a marginalização para um público mais amplo. 

India

As mídias sociais se tornaram igualmente uma parte integral de relacionamentos em grupos estabelecidos, incluindo a família.

England

Pessoas na vila deram vários exemplos de como novos grupos nas mídias sociais foram mais eficazes o que grupos tradicionais, como a igreja ou o vizinho de alguém.

História 

Vizinhos versus passeadores de cães

10-english-story
Rural China

Aqui, as mídias sociais são usadas tanto para consolidar círculos de amizade já estabelecidos, como para entrar em contato com estranhos com base em interesses comuns.

Italy

Embora as mídias sociais sejam usadas por grupos, estes tendem a ser múltiplos, instáveis e sobrepostos, com exceção de grupos familiares.

10-italy-comment
Trinidad

As mídias sociais são úteis para a recombinação de pessoas que representam tipos diferentes de relacionamentos, como família, amigos e colegas de trabalho.

10-trinidad-comment
Industrial China

Embora aqui, como nos exemplos anteriores, as mídias sociais sejam importantes para consolidar grupos de pessoas similares, elas raramente parecem cruzar fronteiras entre esses grupos.

História

As mídias sociais como uma ‘zona sem fluxo’